Crônica “Sobre as tristezas de ser adulto”, em Vida a sete Chaves

Essa última sexta-feira, para mim, foi um aprendizado. Mais que isso, até, foi uma experiência de grande valor, que me levou a confirmar algo que eu já tinha absorvido tempos atrás, quando reli, talvez pela vigésima vez, o livro “O Pequeno Príncipe”.

Esse livro diz que os adultos não entendem a vida, os seus detalhes mais ínfimos e os mais significativos – coisa que o ditado também confirma ao espalhar que é nos menores frascos que se encontram as melhores essências. Ele também diz que para ver certas belezas do mundo é preciso manter-se sempre uma criança, com o coração limpo de maldades, mas consciente de suas atitudes.

E toda essa lembrança do que li nesse livro surgiu quando vi uma criança, por volta dos seus sete anos, desenhando algo que outras deveriam adivinhar: uma árvore, com um pássaro e algo embaixo, que eu julguei prontamente como uma lagarta, talvez uma nuvem, quem sabe até mesmo, um tronco meio esquisito. Diversas tentativas de adivinhação se foram e nenhum acerto e a minha imaginação já não caminhava mais.

Até que um outro pequenino se levantou e disse:

– É um passarinho no ninho!

Um ninho, tão simples quanto um ninho e tão óbvio quanto um ninho, assim como uma serpente que engole um elefante… E eu, cheia de pré-conceitos, pensando que seria impossível entender aquele desenho mal-feito, torto, esquisito. Bastava apenas abrir os olhos da minha criança, de todo o espírito inocente que é capaz de enxergar a profundidade daquilo que é simples, que é o mais importante de tudo o que existe.

E eu achando que por ler histórias infantis, por escrever histórias infantis, por estar próxima de pequenos seres incríveis, estava próxima do universo deles, da cabeça pensante que são. Mas a estrada é bem mais longa, a transformação é grande, e a descoberta de quão triste é se tornar adulto é incentivador para voltar uns passos e voltar a ser criança.

** Publicado em 20/10/13 originalmente em Vida a Sete Chaves. Acesse mais posts clicando aqui **

Anúncios