Crônica “Para fazer uma revolução”, em Vida a Sete Chaves

Que venham, então, mais manifestações, que se levantem mais problemas da cidade, que falem mais verdades, que busquem mais soluções e que, enfim, aprendam mais a viver aqui na terra, porque a coisa não está mesmo nada fácil.

Mas que se movimentem de verdade, que pensem com razão, que não decidam por impulso, mas por coragem! Que façam por saber o que estão fazendo, que lutem pela luta que seja justa e devida, que lutem o necessário para que consigam também ó necessário.

E que tenham sempre em mente o princípio do bem-comum, onde todos cabem porque ninguém tem um único lugar, porque todos são iguais.

** Publicado em 07/12/13 originalmente em Vida a Sete Chaves. Acesse outros posts clicando aqui **

Anúncios