Crônica “Lei da Física”, em Vida a Sete Chaves

Dia desses me peguei pensando nas consequências das nossas ações e cheguei à conclusão de que elas são um fator inevitável, do qual não se pode fugir ou desviar, apenas mudar ou redirecioná-las.
Mas é incrível como cada vez mais pessoas se importam cada vez menos com isso, e pior: cuidam cada vez menos das suas atitudes e acham ruim por não receberem o que queriam. Basta reparar no que acontece na natureza, já que da semente da uva brota uma parreira, da semente da maçã brota uma macieira!
Então o que mais se pode esperar como consequência para alguém que vai contra a lei? O que mais pode querer aquele que mente, engana ou sacaneia? Que resultado terá o que nada fizer?
Absurdo?
Absurdo para mim é quando a bananeira der manga, a vaca parir um urubu ou o sol nascer quadrado.
O resto é consequência.

** Publicado em 25/01/14 originalmente em Vida a Sete Chaves. Acesse outros posts clicando aqui **

Anúncios